Arraiá solidário: alunos de duas escolas arrecadam 16 toneladas de alimentos

Doações foram distribuídas em 12 pontos, para famílias carentes, no último sábado (26)

O “arraiá” dos alunos do Colégio Unicus e da escola Toque de Mãe foi um tanto diferente neste ano. Eles aproveitaram a data para arrecadar mais de 16 toneladas de alimentos e itens de higiene pessoal. Os produtos foram distribuídos a famílias carentes.

Crianças do berçário e do ensino fundamental ajudaram na montagem das cestas básicas e ainda escreveram cartas e fizeram um desenho para serem colocados nas doações.

A ideia foi lançada pela equipe de coordenação de ambas escolas.

“Buscamos trazer um sentido, através de temáticas que giram em torno dos princípios de solidariedade da UNESCO. Propomos às famílias, então, que neste ano – como não puderam estar presentes no evento junino, uma vez que a comemoração será interna –  encontrássemos uma outra forma de se fazer presente e ajudar ao próximo”, diz Márcia Pedr’Angelo, diretora das duas escolas.

No total, o esforço das famílias e dos alunos rendeu 16.495 quilos de alimentos e 5,5 mil itens de higiene. As cestas foram distribuídas em 12 locais de extrema necessidade.

“É uma forma de ensinarmos, através de exemplo, às nossas crianças que há uma população que sofreu emocionalmente e economicamente com a pandemia e que ajudá-los pode fazer toda diferença em nosso futuro global. Todos os doadores ganharam uma medalha simbólica de cidadão global”, completa a diretora.

A etapa de arrecadação durou cinco dias. Ao longo do processo, as crianças se envolveram ativamente na organização das doações.

“O processo de ensino e aprendizagem não deve se restringir apenas aos conteúdos curriculares. Nosso papel de educadores vai muito além”, lembra Daniele Stefanini, coordenadora pedagógica do Colégio Unicus.

“A emoção em cada etapa, o significado de cada ação fez com que toda nossa comunidade escolar se sentisse pertencente a algo muito maior. Essa experiência ficará registrada para toda vida”, ela completa.

As doações dos alunos foram distribuídas nos seguintes pontos:

  • Aterro sanitário,
  • Cooperativa de reciclagem,
  • Comunidade Souza Lima (Várzea Grande),
  • Obras Sociais Irmão Praeiro,
  • Flauta Mágica,
  • Casa transitória Tenda de Abraão,
  • Casa transitória Irmã Dulce,
  • Obras sociais Seara de Luz,
  • Casa do Imigrante,
  • Albergue Estrela Dalva,
  • Famílias de rua,
  • Pastoral da Igreja Católica do CPA 1.

“Construímos diariamente uma escola que auxilie cada criança a se tornar um ser humano melhor, com valores e uma visão global da vida. Agimos localmente para impactar globalmente. Ao realizar uma ação como essa, nos sentimos conectados ao nosso papel de educador”, finaliza a coordenadora.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

1 COMENTÁRIO

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorPesquisa mostra que mais de 91% da população é favorável ao voto auditável
Próximo artigoMedidas de biossegurança: Cuiabá faz ranking dos setores que mais descumprem regras