Ararath na CPI da Covid

Justiça mandou empresário amigo do líder do governo na Câmara depor. Em MT ele já foi delator na Operação Ararath

(Foto: Reprodução/Edilson Rodrigues)

A Justiça Federal em Brasília determinou que o empresário Marcos Tolentino compareça à CPI da Covid, no Senado, para depor sobre a compra da vacina indiana Covaxin. 

A decisão saiu na manhã desta segunda-feira (13), porém com a ressalva da Justiça de que Tolentino tem a seu favor um habeas corpus que lhe garante o direito de ficar calado. 

Tolentino é amigo do líder do governo na Câmara Federal, Ricardo Barros (PP-PR) e visto pelos membros da CPI como o sócio oculto do FIB Bank, que teria assegurado a compra da Covaxin. 

Ele conhecido em Mato Grosso como delator na Operação Ararath, que investiga crimes de lavagem de dinheiro e financeiros envolvendo agentes políticos, desde 2013. 

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorShowrunners de Lucifer comentam final da série e inspiração em Avatar: A Lenda de Aang
Próximo artigoFort Atacadista contrata funcionários para nova loja em Cuiabá; seletiva será nesta terça (14)