Aproveite uma live com artistas nacionais e “salve uma vida indígena”

Serão 7 horas de programação transmitidas pelo Youtube e Facebook, para ajudar povos indígenas do Amazonas

Com participação de artistas, lideranças indígenas, cientistas e especialistas no assunto, o Instituto Mpumalanga e o UNICEF realizam o festival “Salve vida indígena”. Uma live neste sábado (20), com início às 15h, transmitida pelas plataformas do Youtube e Facebook.

A missão do festival é arrecadar recursos para ajuda emergencial a populações indígenas do Sul do Amazonas afetadas pela covid-19. Todas em territórios não demarcados Funai.

Trata-se de famílias que vivem em assentamentos ao redor de terras demarcadas, dentro de reservas extrativistas ou em áreas urbanas de Lábrea, último município da rodovia Transamazônica, região do Médio Rio Purus.

A extensa programação vai contar com a participação dos músicos: Ivan Lins, Guilherme Arantes, Margareth Menezes, Elba Ramalho, Sandra Peres (da Palavra Cantada), Nicolas Krassik, Armandinho Macêdo, Marcelo Caldi, Leandro Fregonesi, Leandro Medina & Andrea Soares, Alexandra Pericão e Cia. Mithos, Renata Jambeiro, Luciana Oliveira, Emília Monteiro, Sombra SNJ, Diogo Silva e as Bandas Estralo, Pseudo e Vulgo. Do Médio Purus, o menino cantor Honori, Kenerson de Souza Lamego Paomari, da aldeia Crispim.

O Festival online traz também as atrizes Malu Mader, Letícia Sabatella, Bruna Lombardi, o youtuber Felipe Castanhari, o ator Josafá Alves e os fotógrafos Adriano Gambarini e Renato Soares.

Em meio às apresentações musicais, estarão alguns dos grandes líderes do movimento indígena: Sônia Guajajara (coordenadora da APIB), Zé Bajaga Apurinã (cacique do Médio Purus), Ailton Krenak (escritor) e Ubirajara Sompré Gavião (líder indígena).

As doações podem ser feitas diretamente para o Instituto pelo site www.mpumalanga.com.br ou pela plataforma Vaquinha.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorInternacional para cargas: aeroporto de Cuiabá tem sido estratégico para combater pandemia
Próximo artigoBrasil acelera projetos para atrair investimentos

O LIVRE ADS