Aprender a conviver

Entidades do comércio lembram que a pandemia não acabou e classificam decreto do governo como um "primeiro passo"

(Foto: Ednilson Aguiar/ O Livre)

Presidentes de sete entidades que representam setores econômicos de Mato Grosso emitiram uma nota classificando o novo decreto do governo do Estado – que libera o funcionamento de atividades não essenciais – como “um primeiro passo muito importante para a sobrevivência das empresas e a manutenção dos empregos”.

Segundo eles, trata-se de um “voto de confiança” na capacidade dos empresários de cumprir as medidas necessárias para prevenção à covid-19.

“A pandemia não foi embora. Pelo contrário, ela vai permanecer entre nós durante um longo tempo – e precisamos aprender a conviver com isso”, diz trecho da nota.

No texto, Fiemt, Fecomércio, CDL Cuiabá, CDL Várzea Grande, FCDL, Facmat, ACC Cuiabá ainda se colocam à disposição dos empresários para orientar e fornecer protocolos de medidas que mantenham à salvo clientes e trabalhadores.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorCidades de “alto risco”: governo de MT libera comércio não essencial com 70% da capacidade
Próximo artigoArena Pantanal: “filas são proporcionais ao fracasso na atenção básica”, afirma governador