Apreensão de drogas aumenta 78% em Mato Grosso

Este ano, mais de 21 toneladas de drogas foram retiradas de circulação no Estado. Levantamento indica ainda redução em outros crimes

(Foto: Assessoria /MJ e Gefron)

As apreensões de drogas em Mato Grosso, de janeiro a setembro deste ano, aumentaram 78%. No total, foram 21,3 toneladas retiradas de circulação. No mesmo período de 2020, esse total era de 11.9 toneladas.

O levantamento foi divulgado pela Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp) e indica um aumento também nas apreensões de armas de fogo. Em 2021, 1.724 armas foram apreendidas, 50 a mais do que no ano passado, quando foram contabilizadas 1.674 armas retiradas de circulação. Em números diários, a média de 6 apreensões se manteve.

Crimes em queda

O Observatório de Segurança Pública da Sesp pontua ainda uma redução em crimes contra a vida. Os feminicídios tiveram uma queda mais expressiva, reduzindo 20% com relação a 2020.

De janeiro a setembro de 2021, foram contabilizadas 36 vítimas. No ano passado, foram 45.

Já os homicídios dolosos tiveram uma queda baixa, de 5%. Em números absolutos foram 32 casos a menos. Em 2020, foram 599 ocorrências e neste ano, 567. Apesar da diminuição, a média de assassinatos em Mato Grosso se manteve em dois casos diários.

O levantamento traz ainda os números de ocorrências de roubos. Em 2021, já foram contabilizados 6.210 registros. No ano passado, foram 7.592, no mesmo período. Nesse caso, a média diária caiu de 27 para 22 casos, o que indica uma queda de 18%.

Trabalho integrado

A Sesp atribui os resultados ao trabalho integrado das forças de segurança.

“O Observatório de Segurança Pública é o responsável pelo acompanhamento de todos os indicadores de criminalidade no Estado e os resultados envolvem todas as forças que compõe a segurança pública. O número de apreensão de drogas é histórico, é o ano com o melhor desenvolvimento dos últimos 10 anos”, enfatizou Tatiana Pilger, superintendente do Observatório.

LEIA TAMBÉM

(Com Assessoria)

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorComércio de Cuiabá e Várzea Grande estará aberto neste feriado
Próximo artigoEstado paga o dobro para manter o Ganha Tempo