Aposentadoria negada

TCE diz que conselheiro Waldir Teis não apresentou todos os documentos necessários para deixar o cargo, mas tem condições

Thiago Bergamasco/Agência Phocus

O Tribunal de Contas do Estado (TCE) rejeitou a aposentadoria do conselheiro Waldir Teis, protocolado em dezembro passado. O tribunal diz que o Teis não apresentou os documentos necessários para encaminhar a saída do cargo, ainda assim, tem condições do benefício. 

“Na análise na Secretaria Executiva de Gestão de Pessoas e pela Consultoria Jurídica Geral ficou constatado que o conselheiro preenche os requisitos para concessão por tempo de contribuição, porém não apresentou os documentos necessários ao pedido de aposentadoria expressos no manual de triagem deste tribunal”, diz nota da presidência do TCE. 

Teis cumpre prisão domiciliar desde agosto do ano passado. A restrição foi determinada pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ) por tentativa de obstrução da justiça em investigação da Operação Ararath.  

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorHomens que filmaram agressão a morador de rua podem ter que pagar R$ 1,7 milhão
Próximo artigoSenadores recorrem à Justiça parar tirar Renan Calheiros da CPI da covid