Após tensões com Bolsonaro, presidente da Petrobrás pede demissão da estatal

Fernando Borges foi nomeado presidente interino

O executivo José Mauro Ferreira Coelho pediu demissão do cargo de presidente da Petrobrás. A decisão foi divulgada nesta segunda-feira (20), em meio à crise sobre a política de preços dos combustíveis e tensões com o presidente Jair Bolsonaro

A Petrobrás informou sobre a saída de Ferreira Coelho por meio de um comunicado breve. O executivo também decidiu renunciar ao seu cargo no Conselho de Administração da empresa.

Novo presidente

Logo após a demissão, a Petrobrás anunciou Fernando Borges como presidente interino. O executivo atuava como diretor-executivo de Exploração e Produção na empresa.

LEIA TAMBÉM

Possível redução de preços

A estatal comunicou ainda que, em breve, “fatos relevantes” serão apresentados.

“Fatos considerados relevantes serão prontamente comunicados ao mercado”, diz o documento.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorCuiabá agora tem lei que auxilia proteção dos idosos contra golpes e fraudes da internet
Próximo artigoSTJ extingue ação que tentava barrar troca de modais em Cuiabá