Após ser agredido por brincadeira com Mundial, cantor é ameaçado por palmeirenses

Leonardo Araújo Calazans da Silva, 26 anos, conhecido como Léuo, foi agredido em um bar no centro de Cuiabá na noite do último sábado

O cantor Leonardo Araújo Calazans da Silva, 26 anos, conhecido como Léuo, que foi agredido em um bar no centro de Cuiabá na noite do último sábado (9) ao fazer uma brincadeira com o polêmico Mundial do Palmeiras (ou a falta dele), segue sendo ameaçado por torcedores palmeirenses no Instagram.

Depois de emitir uma nota de esclarecimento em seu perfil oficial no Instagram, o cantor recebeu apoio de fãs e amigos, mas também uma enxurrada de ameaças de torcedores ainda enfurecidos com a música cantada pelo cantor, cuja letra diz: “O Palmeiras não tem mundial” (veja vídeo ao final da matéria).

Nos comentários, alguns torcedores chegam a dizer ao cantor para agradecer por ter “apenas” sido agredido, que ele mexeu com a torcida errada e que “o que é dele está guardado”.

O cantor chegou a registrar um boletim de ocorrência sobre o caso e relatou que amigos do agressor estavam dizendo em redes sociais que, “de agora em diante, vão estar monitorando todos os shows do cantor, cantando, ou não, a paródia do Palmeiras. E que vão agir com mais rigor e vão quebrar a casa, o cantor e todos da banda”, consta no boletim de ocorrência.

O caso

Entre a noite do último sábado (10) e a madrugada do domingo (11) o cantor de pagode Léuo fazia um show no Bar da Boa, localizado no centro de Cuiabá, quando iniciou uma música que sempre apresenta em seus shows, que diz: “O Palmeiras não tem Mundial”.

Nesse momento, um torcedor se alterou, jogou um copo de cerveja no cantor e, em seguida, invadiu o palco e agrediu o cantor.

Uma pessoa que filmava o show gravou o momento exato da agressão. Veja:

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

1 COMENTÁRIO

  1. Engraçado essa tal de ‘paixão’ desses retardados. Jogador, perdendo ou ganhando, tá montado na grana e nem sabe da existência desses idiotas, enquanto os mesmos ficam aí curtindo dor de cotovelo, agredindo aos outros e se mordendo de ódio por incompetência de quem? Desses próprios ‘ídolos’. É muita falta do que fazer mesmo! Bando de à toas!

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anterior“Mulher cadeieira”
Próximo artigoEnem dos próximos anos será um exame técnico, diz ministro da Educação

O LIVRE ADS