Após repercussão negativa, Amoêdo desiste de candidatura à presidência

Até o momento o partido Novo não escolheu um novo nome para disputar a corrida presidencial do ano que vem

(Foto: Divulgação)

O banqueiro e político João Amoêdo desistiu de ser candidato à Presidência da República pelo Novo nas eleições do ano que vem. O partido ainda não decidiu um novo nome para concorrer à corrida presidencial.

O partido confirmou a decisão de Amoêdo na noite desta quinta-feira (10), mas não deu detalhes sobra a desistência do pré-candidato.

Em nota, a legenda voltou a fazer críticas a Bolsonaro e afirmou que seguirá trabalhando na construção de uma “alternativa ao bolsopetismo para 2022”.

Baixo desempenho em 2018

Em 2018, Amoêdo chegou a ser candidato à presidência pelo Novo, porém não conseguiu ter uma quantidade expressiva de votos.

Com 4,5% dos votos,  Amoêdo amargou uma das últimas posições na disputa.

Rejeição dentro do partido

Desde que foi confirmado como pré-candidato, o partido Novo viu crescer o número de desfiliações e recebeu criticas sobre a nova campanha de Amoêdo.

O Novo não se posicionou sobre a oposição a Amoêdo dentro do partido, mas é possível que possa ter pesado para decisão.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorMúsica de Karola Nunes encontra ilustrações de Hugo Alberto em novo videoclipe
Próximo artigoCongresso tenta alterar regras eleitorais para salvar nanicos em 2022