Após Lollapalooza 2020, T4F adia todos os shows marcados até abril

Shows de maio estão garantidos por enquanto

O coronavírus segue causando estragos na economia de entretenimento. Depois de adiar o Lollapalooza de 2020 para dezembro, a produtora de eventos T4F anunciou mais adiamentos de eventos programados para abril.

A agenda inclui performances do McFlyDire Straits LegacyCharlie Brown Jr., entre outros.

No Instagram, a empresa emitiu um comunicado falando sobre a situação atual, afirmando que adotou “a política de home office para reduzir os riscos da nossa equipe e seus familiares”, e que novas datas serão anunciadas assim que possível. Veja abaixo:

View this post on Instagram

Nesse momento sensível de emergência de saúde pública, temos a missão de garantir a segurança e o bem-estar do nosso público, artistas e colaboradores. Por isso, os eventos agendados para os próximos 45 dias serão adiados ou cancelados em decorrência da pandemia do Coronavírus. Todos os eventos marcados a partir de 30 de abril seguem confirmados. Estamos implementando a política de home office para reduzir os riscos da nossa equipe e de seus familiares, mas continuamos empenhados em oficializar e comunicar novas datas para todos os shows assim que possível. Todos os ingressos adquiridos serão válidos para as novas datas. A política de reembolso e mais informações serão enviadas a todos os titulares de ingressos em breve. Somos apaixonados por levar dias e noites inesquecíveis para vocês e não vemos a hora desse reencontro. Agradecemos a parceria de todos vocês. Previnam-se e lembrem-se de checar as instruções para conter a propagação do Coronavírus.

A post shared by T4F (@t4f) on

O coronavírus causou diversas paralisações nas indústrias de entretenimento ao redor do mundo, incluindo o cancelamento de estreias nos cinemas.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorGoverno anuncia novas medidas para conter Coronavírus em Mato Grosso
Próximo artigoCoronavírus: 50 municípios de MT decretam medidas para combater proliferação