Após Facebook e Twitter, YouTube também censura canal de Donald Trump

O líder americano teve os vídeos apagados e os comentários desativados do seu antigo canal

No fim da noite dessa dessa terça-feira (12), o YouTube confirmou a suspensão do canal do presidente dos Estados Unidos Donald Trump.

Com a decisão, o YouTube se alinhou a outras plataformas de redes sociais que também censuraram o líder republicano.

Em nota, o YouTube alegou que estava bloqueando o canal de Trump por pelo menos sete dias e que também removeria vídeos, que, segundo a nota, “violavam as políticas” contra conteúdo com conteúdos de incitação à violência.

Na semana passada, após os protestos contras fraudes eleitorais ocorrido na capital americana, outras redes sociais decidiram por censurar Trump, banindo-o das plataformas. Na ocasião, o Facebook e o Twitter baniram permanentemente o republicano.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorMPE x TCE
Próximo artigoJovem que atuava ilegalmente como médica em postinho é detida em MT