Após condenação, réu diz que juiz merece morrer e joga garrafa de água em sua direção

Homem recebeu nova voz de prisão por desacato e lesão corporal

Foto: Reprodução

O resultado de um Tribunal do Júri ocorrido em Mato Grosso resultou em um novo registro de ocorrência contra o réu. Isso porque, depois da sentença, ele passou a proferir xingamentos contra os jurados e chegou a atirar uma garrafa de água na direção do magistrado.

O caso em questão aconteceu na Câmara dos Vereadores de Nova Monte Verde (950 km de Cuiabá), onde é realizado o Tribunal do Júri do município.

Na ocasião, o acusado, Odinei Batista de Jesus, de 25 anos, foi condenado pelo júri pelo crime de homicídio qualificado. Ele, porém, não reagiu bem.

Leia também

Servidora encontra câmera escondida no banheiro da Câmara de Vereadores

Conforme o boletim de ocorrência, depois da leitura da sentença, quando estava prestes a ser algemado, o homem conseguiu se desvencilhar dos agentes penitenciários, pegou uma garrafa de água e atirou na direção do juiz Bruno César Singulani França.

Ao LIVRE, o magistrado garantiu que não foi atingido pelo objeto, mas disse que “foi por pouco”.

Depois do ataque de fúria, o condenado ainda passou a xingar o magistrado e ameaçar de morte os membros do júri. Disse: “Você merece morrer, vocês jurados merecem morrer”, afirmou, entre outras ameaças e xingamentos.

Em razão da tentativa de lesão corporal e agressão verbal, foi dada voz de prisão à Odinei e registrada a ocorrência.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

4 COMENTÁRIOS

  1. Os deputados federais e senadores sabem de rudo o que acontece no país, mas preferem não fazer nada contra a bandidagem, ficam fingindo que está tudo bem no país. Se um cara deste faz assim com um magistrado que merece respeito, calcula com um cidadão comum? Estou desanimado em votar e eleger deputados e senadores. Só vou votar num candidato a presidente. Estou de olho para ver quantos serão reeleitos, se já comprovaram que não servem pra nada.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorPublicada MP que adia reajuste dos servidores para 2020
Próximo artigoPresidenciáveis inauguram programas da campanha no rádio e na TV