Após cassação, Augusto Nunes ressuscita a “Dilma Pantaneira”

Em vídeo publicado nesta quinta-feira (11), o articulista do LIVRE Augusto Nunes comenta a cassação da senadora Selma Arruda e diz que agora ele que espera um pedido de desculpas

(Foto:Ednilson Aguiar/ O Livre)

Recentemente, em evento que participou em Rondonópolis (200 km de Cuiabá), o jornalista Augusto Nunes, a pedido do deputado federal Nelson Barbudo (PSL), pediu desculpas publicamente à senadora cassada Selma Arruda (PSL) por ter encampado o apelido que deram a ela durante a campanha eleitoral de “Dilma Pantaneira”.

Nesta quinta-feira (11), por sua vez, em nova edição da coluna que mantém no LIVRE, Augusto Nunes ressaltou que, frente à cassação do mandato da senadora em julgamento do Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso (TRE-MT) dessa quarta-feira (10), vai ressuscitar o apelido e, agora, aguarda um pedido de desculpas do deputado.

“O TRE cassou o mandato da senadora Selma Arruda por unanimidade e porque ela usou irregularmente R$ 1,2 milhão, o chamado caixa 2, cabe recurso, mas quem é condenado por 7 a 0 alguma coisa fez, portanto, eu ressuscito o apelido de Dilma Pantaneira e espero o pedido de desculpas do deputado Nelson Barbudo”, disse o jornalista.

Confira o vídeo:

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorCuiabá inaugura primeira lixeira subterrânea na região central
Próximo artigoCaso Scheifer: Ex-comandante do Bope diz que tenente escolheu equipe

O LIVRE ADS