Após banir Trump, ações do Twitter perdem US$ 5 bilhões em valor de mercado

Essa já pode ser considerada a maior desvalorização de uma empresa de comunicação do ano de 2021

(Foto: reprodução)

A rede social Twitter vem registrando uma de suas maiores desvalorizações desde a sua criação, em 2006. No total, as ações da empresa caíram 12% até esta segunda-feira (11).

A desvalorização da empresa ocorreu depois que a rede de mídia social baniu permanentemente a conta do presidente norte-americano Donald Trump, na última sexta-feira (08/01), segundo informações publicadas pela Business Insider.

A conta do republicano americano possuía cerca de 88 milhões de seguidores e foi banida de maneira arbitrária, sob a alegação de supostamente espalhar conspirações sobre fraudes eleitorais e roubo de eleições e incitação à violência.

Com a censura a Trump, milhões de usuários estão deixando a rede e migrando para aplicativos considerados mais democráticos.

Desde a polêmica envolvendo Trump, o Twiter perdeu mais US$ 5 bilhões em valor de mercado. Essa já pode ser considerada a maior desvalorização de uma empresa de comunicação do ano de 2021.

Até o momento, a plataforma não voltou atrás sobre a decisão de expulsar Trump e pouco se sabe se a rede irá continuar expulsando conservadores e liberais de sua plataforma.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorHotéis de Cuiabá e região são opções para descanso nas férias de janeiro
Próximo artigoEm dívida com o governo? Assembleia Legislativa libera renegociações