Após assalto, ladrão pede para pai buscá-lo e ele o denuncia à polícia

Policiais encontraram o ladrão, houve troca de tiros e assaltante está na UTI

(Foto: Ednilson Aguiar/ O Livre)

Um roubo a uma casa acabou em uma troca de tiros e com um dos ladrões, de 28 anos, alvejado na noite dessa quinta-feira (4), depois que o próprio pai do assaltante entregou o filho, que tentava fugir após o crime.

O assalto aconteceu por volta das 20h30, em uma casa no Bairro Residencial Coxipó, em Cuiabá. As vítimas disseram à polícia que os suspeitos, a todo momento, ameaçavam matá-las caso não entregassem senhas de banco para transferir dinheiro.

Uma das vítimas chegou a ser ferida com uma coronhada. Uma criança foi ameaçada de ser alvejada e uma gestante ficou em estado de choque. Por fim, os ladrões fugiram levando TVs, carteiras e um veículo Renault Oroch prata.

Perseguição

A Polícia Militar foi acionada logo após a fuga dos assaltantes. Ao ser informada, uma equipe que estava seguindo em direção à BR-364 visualizou o veículo roubado indo em direção ao Bairro Pedra 90 e tentou abordá-lo.

Os suspeitos começaram uma fuga pelo Bairro Nova Esperança I e acabaram perdendo o controle do carro. Eles desceram do veículo e começaram a atirar contra os policiais.

Os militares acionaram reforços e os suspeitos correram em direção a uma área de mata. Um dos suspeitos, de 22 anos, foi seguido pela viatura e foi detido. Com ele foi encontrado uma arma artesanal, um pedaço de maconha e algumas trouxinhas da mesma droga.

Quando outras viaturas chegaram, os policiais começaram a fazer varredura na mata, mas não encontraram nenhum outro suspeito. O detido, no entanto, entregou quem eram os comparsas e onde eles moravam.

Auxílio do pai

Os policiais foram até a casa dos dois. Ao chegarem na casa do pai de um dos suspeitos, ele disse que seu filho havia acabado de ligar informando que havia roubado um carro, que estava em um matagal e pediu que o pai o buscasse.

O pai, no entanto, disse à polícia que havia expulsado o filho de casa por ele estar cometendo assaltos e que não aceitava isso, então entregou a localização do filho.

A equipe foi até o local indicado pelo pai, no Bairro Nova Esperança I, e encontrou os dois ladrões que estavam fugindo.

Ao verem a viatura, os suspeitos correram para uma área de mata e atiraram contra os policiais, que reagiram também atirando. Os militares acionaram reforços e saíram em busca dos acusados.

O filho do pai que havia entregado a localização dos dois jovens foi encontrado deitado no chão, com uma arma na mão. Os policiais deram ordem para ele largar a arma, mas, segundo o boletim de ocorrência, ele não obedeceu e apontou a arma para os militares, que reagiram atirando.

Ao mesmo tempo, o comparsa dele seguia atirando contra os policiais. Ele conseguiu fugir e não foi localizado.

O suspeito que estava no chão foi baleado. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado e o encaminhou para o Hospital Municipal de Cuiabá, onde ele está internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

Com ele, já no hospital, foi encontrada a carteira de uma das vítimas do assalto. A arma que estava com ele foi apreendida. Dentro do carro roubado foram localizadas duas TVs que haviam sido roubadas.

O caso foi registrado como roubo, porte ilegal de arma de fogo, veículo recuperado, tráfico ilícito de drogas, sequestro, cárcere privado, tortura, tentativa de homicídio doloso, resistência, desobediência, lesão corporal e ameaça.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorJovem é denunciado por se passar por aluno de medicina e fazer plantões em Santa Casa de MT
Próximo artigoJuca do Guaraná e mais oito vereadores têm parentes contratados como indicação política