Após aguardar vaga em UTI por 4 dias, recém-nascida já tem melhora no quadro de saúde

    Maria Helena Rodrigues Coutinho foi transferida no último domingo (10) para o Hospital Regional de Sorriso

    Após aguardar por 4 dias uma vaga numa Unidade de Terapia Intensiva (UTI) mesmo com decisão judicial, a recém-nascida Maria Helena Rodrigues Coutinho foi transferida no último domingo (10) para o Hospital Regional de Sorriso (416 km de Cuiabá) e já apresenta melhora no seu quadro de saúde.

    A mãe da bebê, Patrícia Rodrigues Côrtes, informou ao LIVRE na manhã desta segunda-feira (11) que ela já foi avaliada por um neurocirurgião e existe a possibilidade de que seja operada ainda nesta semana. “Graças à Deus as orações estão sendo ouvidas. Ela está sendo estabilizada, o tratamento já está evoluindo e ela poderá ser operada aqui em Sorriso mesmo”, explicou.

    Diagnosticada com espinha bífida e apresentando crises convulsivas, Maria Helena aguardava transferência na incubadora do Hospital Municipal de Juína (737 km de Cuiabá) mesmo respaldada legalmente por uma decisão judicial do último dia 7.

    Devido à demora para realização da cirurgia neurológica, o quadro de saúde da recém-nascida se agravou, sendo necessária a estabilização antes do procedimento cirúrgico. “Agora ela não aguenta mais passar pela cirurgia, o principal agora é a vida dela”, explicou a mãe no início da manhã de domingo.

    A bebê nasceu em 26 de maio e, mesmo diagnosticada com espinha bífida, teve alta. No dia 3 de junho, começou a passar mal, foi levada para a Unidade de Pronto Atendimento do município e, posteriormente, acabou sendo internada no Hospital Municipal. Na sexta-feira (8), ainda aguardando vaga numa UTI, apresentou dificuldades respiratórias e precisou ser incubada. No domingo, antes da transferência, seu quadro de saúde se agravou, ela continuou tendo convulsões e apresentou infecção na lesão lombar da espinha bífida.

    Use este espaço apenas para a comunicação de erros





    Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

    DEIXE SEU COMENTÁRIO

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    Artigo anteriorFiscais da Sema apreendem 180 metros de rede de pesca
    Próximo artigoSine faz chamamento para cadastro de menor jovem aprendiz