Após acusação de assassinato, Câmara dos Deputados cassa mandato de Flordelis

Por 437 votos a 7, a Câmara dos Deputados cassou o mandato da parlamentar acusada de matar o marido

(Câmara Federal)

Depois de uma intensa polêmica envolvendo o assassinato de seu marido, a deputada federal Flordelis (PSD-RJ) teve seu mandato cassado ontem pela Câmara dos Deputados. O resultado foi de 437 votos a 7 pela cassação.

A parlamentar é acusada de ser a mandante do assassinato do marido, o pastor Anderson do Carmo, em junho de 2019.

Antes de ser marido de Flordelis, o pastor havia sido adotado pela parlamentar como filho.

Crimes da deputada

Flordelis responde por homicídio triplamente qualificado, emprego de meio cruel e de recurso que impossibilitou a defesa da vítima, tentativa de homicídio, uso de documento falso e associação criminosa armada.

Versão da parlamentar

Em diversos depoimentos, a parlamentar negou qualquer envolvimento na morte de seu marido.

De acordo com ela, o pastor teria sido assassinado em um assalto que teria acontecido na residência do casal.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorVacinação: VG abre cadastro para pessoas de 20 a 24 anos e pré-cadastro de 18 a 20 anos
Próximo artigoBolsonaro decreta nova redução de impostos sobre videogames