Ao ver ladrão tentar estuprar sua esposa, marido reage e bandido acaba atirando em comparsa

Na fuga, a quadrilha trocou tiros com a polícia e dois assaltantes morreram

Foto: PMMT

Uma fazenda na Rodovia dos Imigrantes, em Cuiabá, situada a aproximadamente cinco quilômetros da ponte de acesso a Várzea Grande, foi alvo de bandidos nesse sábado (11).

O roubo, no entanto, saiu completamente do controle da quadrilha e, por fim, um suspeito atirou em um comparsa, três foram presos e dois morreram em uma troca de tiros com a polícia.

O roubo

Conforme informações da Polícia Militar, após invadir a fazenda e render o caseiro e a esposa, ambos de 58 anos, os ladrões tentaram estuprar a mulher na frente do marido.

Ao ver a cena, o caseiro reagiu e entrou em luta corporal com os suspeitos. Um deles atirou para tentar parar a briga, mas acabou acertando no peito do próprio comparsa.

Antes de ir embora, no entanto, eles ainda atiraram várias vezes contra a sede da fazenda, na tentativa de acertar o casal, e acabaram conseguindo atingir o caseiro.

A vítima foi socorrida para o Pronto-Socorro de Várzea Grande por uma equipe do 4º Batalhão da Polícia Militar e precisou passar por cirurgia. A equipe médica da unidade informou que ele não corria risco de vida.

Os suspeitos fugiram pelo pasto, levando uma motocicleta Honda de cor azul.

Prisão

Assim que informados sobre o roubo em andamento na fazenda, policiais do 9º Batalhão da PM, da Rotam e do 4º Batalhão foram encaminhados para o local.

Antes de chegar na propriedade, três equipes encontraram três suspeitos, de 19, 20 e 26 anos, na Rodovia dos Imigrantes, entrando em um VW Up prata, tentando fugir no local.

Eles perceberam que um deles parecia estar ferido próximo à região do abdômen, os detiveram e acionaram o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) para prestar socorro ao suspeito.

Ele foi encaminhado para o Hospital Municipal de Cuiabá, onde passou por cirurgia e permaneceu internado, mas fora de risco.

Enquanto as primeiras equipes prendiam três suspeitos, outra atendia às vítimas na fazenda e informaram que havia mais três ladrões envolvidos na tentativa de latrocínio.

Os policiais, então, perguntaram aos três ladrões já detidos sobre o restante da quadrilha e eles disseram que eram mais dois, que tinham ficado no mato.

Troca de tiros

As equipes iniciaram buscas no matagal do pasto da fazenda e encontraram uma motocicleta antiga caída no chão, com dois capacetes.

Eles seguiram mato adentro e um suspeito surgiu com uma arma na mão, posteriormente identificada como um revólver calibre 38, apontando para os policiais, que reagiram atirando.

Quase ao mesmo tempo, o outro suspeito surgiu também com uma arma na mão, uma pistola calibre 40, e começou a atirar contra os policiais.

Segundo o boletim de ocorrência, a equipe reagiu também atirando e este caiu no chão, assim como o comparsa.

A equipe do Samu que havia sido chamada para entender o primeiro suspeito atingido pelo colega foi até os outros dois e constatou a morte deles.

Com isso a Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) e a Polícia Judiciária Civil foram acionadas.

A princípio, os suspeitos mortos não haviam sido identificados, mas eles tinham idades entre 25 e 30 anos.

As armas que estava com os dois foram checadas. Uma tinha registro de 1991 e pertencia à PMMT. Já a pistola calibre 40 foi roubada de um policial militar de 44 anos em março deste ano, no Bairro Jardim Gramado, em Cuiabá.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorDetentos iniciam motim na Mata Grande e um é baleado em ação para contê-los
Próximo artigoCinco filmes disponíveis em streaming para se lembrar o verdadeiro significado da Páscoa