Anvisa autoriza a realização de testes de soro anticovid em humanos

Soro que é produzido em cavalo demonstrou a diminuição da carga viral e perfil inflamatório reduzido nos testes em animais

(Foto: Insituto Vital Braasil)

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) informou, nesta terça-feira (25), que autorizou o início dos testes do soro anti-Sars-CoV-2, desenvolvido pelo Instituto Butantan. Esta será a primeira vez que o soro será aplicado em voluntários humanos.

O pedido para a autorização para testar o soro, que é produzido em cavalo, em pacientes com a covid-19, foi feito pelo instituto no início de março. Nos testes em animais, como coelhos e camundongos, o soro já demonstrou a diminuição da carga viral e perfil inflamatório reduzido.

A expectativa é que o soro possa ajudar a reduzir a letalidade e a gravidade da doença e aliviar o sistema de saúde.

O teste em humanos é uma etapa chave. Isso porque o instituto pode avançar no desenvolvimento do medicamento e, posteriormente, solicitar seu registro junto à Anvisa, condição necessária para que ele seja usado no mercado.

(Com Agência Brasil)

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorVenda de imóveis
Próximo artigoEm busca de gás