AMM entrega projeto de reforma do Centro de Triagem de Animais Silvestres de Mato Grosso

O projeto, que foi elaborado em conjunto com a equipe de da PM, foi entregue nesta segunda-feira (9)

(Divulgação)

A Associação Mato-grossense dos Municípios – AMM, por meio da Central de Projetos, foi parceira na elaboração do projeto de reforma do Centro de Triagem de Animais Silvestres de Mato Grosso – Cetas, mantido pelo Batalhão de Polícia Militar de Proteção Ambiental em cooperação com a Secretaria de Estado de Meio Ambiente –Sema. O projeto, que foi elaborado em conjunto com a equipe de da PM, foi entregue nesta segunda-feira (9) pelo presidente da AMM, Neurilan Fraga, ao 2º Tenente da Polícia Militar, Mendes Júnior, durante reunião na sede da Associação. A entrega também contou com a presença de engenheiros e arquitetos da AMM, além da equipe da Polícia Militar.

O Cetas, que está localizado em Várzea Grande, abriga animais que são apreendidos ou resgatados, vítimas de acidentes, atropelamentos, entre outras circunstâncias. A reforma do local inclui os seguintes ambientes: guarita, estacionamento, setor administrativo, além do recinto de animais. Contempla, ainda, cobertura nova, troca do piso, pinturas interna e externa, elétrica, hidráulica, acessibilidade e construções de novos recintos para os animais. A obra, prevista para ter início ainda este ano, está orçada em R$ 1,5 milhão e será executada com recursos da Sema.

Para que o projeto fosse elaborado, uma equipe técnica da AMM visitou o local e desenvolveu um levantamento fotográfico e entregou à equipe da Polícia Militar Ambiental uma lista de documentos necessários para a reforma. Após várias reuniões, foi elaborado um programa de necessidades e um novo layout para o local, atendendo as normas e leis vigentes.

O presidente da AMM, Neurilan Fraga, disse que ainda que não haja uma parceria formal com o Governo do Estado para a elaboração de projetos, a instituição tem atendido demandas pontuais, como a reforma do Cetas, além dos projetos de construção do Batalhão de Corpo de Bombeiros e da reforma e ampliação da Delegacia Especializada do Meio Ambiente – Dema. “Não poderíamos deixar de colaborar na elaboração de projetos que são de interesse comum e beneficiam toda a população, pois a AMM é parceria de iniciativas que atendam a coletividade”, ressaltou.

O 2º Tenente da Polícia Militar, Mendes Júnior, disse que o prédio está embargado e que a reforma vai possibilitar o bom funcionamento do Batalhão Ambiental. “Agradecemos a disponibilidade da AMM e esperamos que essa parceria se prolongue ainda mais”, assinalou. A desocupação do Cetas ocorreu em fevereiro de 2017, devido à insalubridade e insegurança devido às condições estruturais da edificação. Após a reforma, os trabalhos devem ser retomados em sua totalidade.

 

Com Assessoria

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorEmbriagada, filha tenta matar mãe a facadas em Sinop
Próximo artigoTaques cumpriu promessas para educação, mas deixou saúde na mão, mostra levantamento