Ameaçada com faca, garota de programa é estuprada e mordida por falso cliente

Ele levou a vítima para um matagal, colocou uma faca na cintura dela e a estuprou

(Foto:Ednilson Aguiar/ O Livre)

Uma jovem de 24 anos foi vítima de um crime sexual nesse sábado (4), quando um falso cliente a contratou para um programa sexual.

Conforme o boletim de ocorrência, a jovem estava parada em frente a um bar no Bairro Jardim Potiguar, em Várzea Grande (região metropolitana de Cuiabá), na região do Zero KM, conhecida zona de prostituição da cidade, quando um homem em um carro branco a chamou para um programa.

Ele disse que a levaria para um motel e ela entrou no carro.

Porém, durante o percurso ele pegou uma faca, colocou na cintura dela e disse que a levaria para onde ele quisesse.

O homem seguiu sentido ao distrito de Passagem da Conceição e, ao chegar na Avenida Mário Andreazza, fez o retorno na rotatória e voltou para a Estrada da Guarita.

Quando chegou a um matagal, ele entrou e estuprou a jovem dentro do carro. Durante o abuso, ele também mordeu a vítima, deixando-a com marcas de mordidas nos dois braços.

Ela descreveu o homem como de altura mediana, em torno de 1,75 metro de altura, gordo, negro, cabelo crespo, com espinhas no rosto, com brinco na orelha esquerda, sobrancelha grossa e vestindo uma camiseta branca com estampa, short de tactel e com chinelo nos pés.

O carro do suspeito, segundo a vítima, estava com o para-brisas trincado.

Logo após o crime, ela conseguiu sair correndo e pediu ajuda. O criminoso, por sua vez, fugiu em direção ao Trevo do Lagarto.

A jovem foi encaminhada ao Pronto-Socorro, onde foi medicada e, em seguida, liberada. O caso foi registrado como estupro.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorHomem é preso ao tentar furtar oito peças de picanha em mercado atacadista
Próximo artigoTrump ameaça atingir 52 alvos iranianos