Amber Heard e Johnny Depp são condenados por difamação

O ator também foi condenado, mas terá que pagar um valor bem menor que o de sua ex- esposa

(Foto: reprodução)

Depois de um processo cercado de polêmicas, Amber Heard e Johnny Depp foram condenados por difamar um ao outro nesta quarta-feira (1). Entretanto, o tribunal do júri do Condado de Fairfax, no Estado norte-americano da Virgínia considerou mais graves os crimes cometidos pela atriz.

Os dois atores foram casados entre os anos de 2015 e 2017 e tiveram um relacionamento marcado por brigas e por um divórcio cheio de acusações.

Desde o começo do ano, um processava o outro por difamação e o processo ganhou notoriedade nas redes sociais.

Acusações

Johnny Depp alegou que Amber o difamou em um artigo de jornal. Em seguida, ela ela afirmou ter sido difamada por um antigo advogado de Depp.

Assim os dois se processaram mutuamente ao mesmo tempo. O ator pedia a soma de US$ 50 milhões e sua ex-esposa pedia cerca de US$ 100 milhões.

Condenações

No fim do processo, o ator foi condenado a pagar US$ 2 milhões para a atriz por difamação.

Já a atriz foi condenada a pagar um valor muito maior devido a possíveis mentiras no processo e nos danos que causou contra a carreira do ator. No total, Amber terá que pagar ao ator cerca de US$ 15 milhões.

 

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorTV por assinatura: PF apreende equipamentos de empresa que vendia acesso ilegal
Próximo artigoRondonópolis: PF deflagra operação contra fraudes em benefícios emergenciais