Amazon, Facebook e mais empresas reduzem a qualidade de streaming na Europa

Diversos serviços sobrecarregados na Europa

(Foto: Reprodução/O Livre | Arte: Felipe Martins)

A infecção pandêmica do novo coronavírus obrigou o mundo ocidental a ficar de joelhos e fechar as portas. Com praticamente diversos setores que movimentam a economia mundial totalmente fechados, restou apenas muitos cidadãos cumprirem a ordem da quarentena.

Por conta disso, diversas pessoas recorreram ao streaming para se entreter durante os dias de isolamento. Entretanto, isso gerou um tráfego virtual tão intenso que o próprio sistema de internet europeu poderia colapsar.

Respondendo aos pedidos dos políticos, a Netflix e o Youtube reduziram a qualidade do sinal de streaming para gerar menor tráfego. Agora, a Amazon Prime e o Facebook também entraram na medida.

Além deles, a Disney+ e a Apple também se comprometeram a reduzir a qualidade do sinal.

A quarentena é prevista para acabar no meio de abril.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorAtendimento por telefone
Próximo artigoProdutores de algodão doam máscaras de proteção e materiais hospitalares em MT

O LIVRE ADS