Amaggi figura entre as cinco maiores exportadoras de grãos do país

Por ano, segundo Maggi, a companhia movimenta fisicamente 17 milhões de toneladas de grãos

(Foto:Ednilson Aguiar/ O Livre)

A empresa mato-grossense Amaggi é a terceira maior exportadora de milho do país e a quinta maior de soja, segundo dados divulgados pelo Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (Mdic).

Em 2019, a companhia enviou para fora do país 6,39 milhões de toneladas de soja e outras 4,15 milhões de toneladas de milho.

Leia também:
Tomczyk na Amaggi
Trajetória de André Maggi é contada em livro lançado em Cuiabá

A empresa mato-grossense ficou atrás apenas de outras gigantes do agro, como a Bunge, a Cargill e a Dreyfus, esta última também opera em conjunto com a empresa mato-grossense em uma joint venture.

Recordes

Neste ano em que o Brasil registrou volume recorde nas exportações de milho, com 43,25 milhões de toneladas, a mato-grossense Amaggi foi responsável por enviar cerca de 9,5% desse total.

O ex-ministro da Agricultura e acionista da empresa, Blairo Maggi, disse estar feliz com a conquista desses números “que mostram a força de uma empresa brasileira”.

Segundo o ex-ministro, em 2019, entre produção própria e comércio de terceiros a Amaggi movimentou 11,956 milhões de toneladas no Brasil, e outras 5 milhões de toneladas foram compradas pela companhia, em operações na Argentina, Paraguai, Canadá, Estados Unidos e no Leste Europeu.

Por ano, segundo Maggi, a companhia movimenta fisicamente 17 milhões de toneladas de grãos.

A ALZ, uma joint venture entre Amaggi, Drayfus e a japonesa Zen-Noh também figurou no ranking, com o envio de 1,08 milhão de tonelada de soja e 0,2 de milho.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorPai vai preso por trancar bebê em carro enquanto estava no bar
Próximo artigoSem privilégios

O LIVRE ADS