Alunos e professores criam asfalto com material reciclado

Composto foi preparado após estudos de alunos e professores do curso de Engenharia de Transporte da UFMT

Divulgação

Antes o fresado – material removido durante o processo de recuperação de pavimento asfáltico – não tinha utilidade e era descartado. Agora, o resíduo ganhou novo destino e é testado na pavimentação de um trecho da BR-163/364 no estado.

O composto foi preparado após estudos de alunos e professores da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT).

Durante o estudo, foi constatado que é possível incluir até 30% do material em novas massas asfálticas.

O asfalto reciclado foi elaborado especificamente para atender as características da rodovia, que tem fluxo intenso de veículos de carga durante todo o ano.

O reaproveitamento garante economia de agregados e ligantes, o que mantém a mesma qualidade, desempenho e durabilidade da rodovia.

Os testes práticos começaram a ser feitos na terça-feira (11).

A etapa do processo integra o projeto de pesquisa “Aproveitamento de Resíduos de Pavimentosa Asfálticos (RAP) em regiões de alta temperatura e tráfego pesado”.

O composto foi desenvolvido em parceria com a concessionária que administra o trecho da rodovia.

O objetivo final é aplicar a tecnologia em futuras obras de implantação e restauração em todo o trecho sob concessão da rodovia, que vai de Itiquira (km 0) à Sinop (km 855).

(Com Assessoria)

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorAstro de O Senhor dos Anéis, Orlando Bloom erra em tatuagem para filho
Próximo artigoSérie estrelada por Al Pacino terá conteúdo indicado só para adultos; veja o trailer

O LIVRE ADS