Alugueis em alta

Contratos de locação aumentaram 1,82% em janeiro

(Foto: Reprodução/Época Negócio)

A inflação sobre os contratos de locação não para de subir. O IGP-M (Índice Geral de Preços Mercado), indicador desse mercado, voltou a acelerar em janeiro e variou 1,82% no mês. Com esse resultado, o índice vai a 16,91% no período de 12 meses.

Conforme a Fundação Getulio Vargas, responsável pela estatística, informou nesta sexta-feira (28), o resultado mensal ficou acima do registrado em dezembro, quando subiu 0,87%.

Mesmo com a variação maior do primeiro mês do ano, o resultado acumulado ainda está em desaceleração. Em janeiro de 2021, o IGP-M acumulava alta de 25,71% em 12 meses.

Segundo o Ibre (Instituto Brasileiro de Economia) da FGV, o resultado em janeiro foi influenciado principalmente pelo espalhamento da inflação de preços no atacado, medida pelo IPA (Índice de Preços ao Produtor Amplo), que responde por 60% da composição do IGP-M.

Em janeiro, esse índice subiu 2,30%, puxado pelas altas de preços de minério de ferro, com valorização de 18,26%, e soja em grãos, com 4,05%.

A recomendação de corretores de imóveis, economistas e agentes do mercado imobiliários é que os inquilinos sempre tentem negociar ajustes mais razoáveis.

 

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorCasal perde R$ 670 mil ao cair em golpe de suposto advogado em compra de fazenda
Próximo artigoPrincipal envolvido em homicídio bárbaro em MT é preso