ALMT suspende sessões

Até agora, nove deputados e 38 servidores já foram contaminados pelo novo coronavírus

(Foto: Fablício Rodrigues / ALMT)

As atividades da Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT) estão suspensa por 18 dias, a partir desta sexta-feira (17). A medida – que vale até 3 de agosto – foi publicada  nesta quinta-feira (16), no Diário Oficial Eletrônico.

As sessões deliberativas ordinárias e extraordinárias, as reuniões da Mesa Diretora, das lideranças partidárias e das comissões permanentes e temporárias também estão suspensas.

Com isso, a segunda votação da PEC 6, que trata sobre a reforma da previdência no Estado ganha mais tempo, antes de continuar a ser discutida.

Apenas as atividades essências serão mantidas em regime de plantão, a maioria dos servidores deverão continuar no regime de home office.

Ao todo, a ALMT já teve nove deputados contaminados pelo coronavírus e 38 servidores. O caso mais recente e grave, até o momento, é do próprio presidente, deputado Eduardo Botelho (DEM), que está em São Paulo, internado em uma unidade semi-intensiva.

LEIA TAMBÉM

Também já pegaram covid-19 os deputados: Paulo Araújo (PP), Ondanir Bortolini – Nininho (PSD), Faissal Calil (PV), Allan Kardec (PDT), Max Russi (PSB), Wilson Santos (PSDB), Valmir Moretto (Republicanos) e Thiago Silva (MDB).

Entre as medidas restritivas adotadas para intensificar o combate à pandemia no Parlamento, está a restrição de acesso aos gabinetes dos deputados. Apenas dois servidores estão autorizados a entrar nos locais.

(Com Assessoria)

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorO fim que se esperava
Próximo artigoShopping de Cuiabá auxilia 340 famílias carentes da capital, durante pandemia