ALMT passa o dia sem água

No final da manhã, chegou-se a cogitar por fim ao expediente

Com um orçamento que beira R$ 500 milhões por ano, a Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT) passou a maior parte desta segunda-feira (14) sem água.

No final da manhã, um rumor chegou a circular pelos corredores: os funcionários seriam liberados. Pelo mesmo ambiente, o cheiro que exalava dos banheiros incomodava quem tinha que circular pelo prédio do Parlamento.

De acordo com a Assessoria de Comunicação da ALMT, o problema foi parcialmente resolvido no início da tarde, quando um abastecimento de emergência amenizou a situação. O expediente, então, foi mantido.

Ainda segundo a Assessoria, o problema ocorreu por conta da chuva de domingo (13). Cabos de energia teriam se rompido e a bomba que leva a água até as torneiras acabou impedida de funcionar.

A previsão é que nesta terça-feira (15) tudo volte ao normal.

LEIA TAMBÉM

Depois da tempestade: moradores de Bonsucesso se unem para reconstruir casas

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorAs cenas mais chocantes das séries da Netflix em 2019
Próximo artigoETE trata mais de 10 mil toneladas de resíduos de limpa fossa por mês