Alemanha reabre escolas, mas mantém distanciamento social

Vida retornará ao normal gradualmente; apenas os "maiores" voltam agora

Imagem: Freepik

O pior da tempestade provocada pelo novo coronavírus parece ter passado na Alemanha. Diversos estudantes retornaram às salas de aula na segunda-feira, dia 20, para fazer as provas finais do período letivo do bimestre.

Entretanto, a reabertura foi parcial, como prevista pela chanceler Angela Merkel. A abertura abrange somente alunos adolescentes e jovens que mesmo assim observarão um distanciamento social rígido enquanto respondem às questões.

“Acredito que os alunos estão prontos para suas provas finais agora”, disse Antje Luekemann, diretor da Escola Secundária Steglitz de Berlim. Os alunos todos vestiam máscaras, sentaram a grandes distancias entre eles e também usaram álcool em gel.

“Quanto mais a incerteza durar, mais difícil será mantê-los motivados, e é por isso que acredito que é muito importante recebermos aprovação para estas provas”, acrescentou Luekemann à Reuters.

Desde o início do decreto de quarentena, alunos do mundo inteiro agora usam a internet para cumprir a carga horária do semestre. Medindo a queda dos novos casos na Alemanha, os políticos começaram a afrouxar as restrições de isolamento no país.

A Alemanha registra quase 150 mil infectados e 5.165 mortes em decorrência da covid-19.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorVolta às aulas
Próximo artigoResultado de estudos de cloroquina em quase 6 mil pacientes será divulgado em maio