AL recebe contas de Taques

Deputados devem votar se aprovam ou não contas até o fim do ano

Ex-governador de MT, Pedro Taques (Foto: Ednilson Aguiar/ O Livre)

As contas do ex-governador Pedro Taques (PSDB) já foram encaminhadas para a Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT). Referentes ao ano de 2018, elas devem ser colocadas para votação no parlamento até o fim deste ano.

Mesmo tendo identificado, inicialmente, 26 irregularidades, o Tribunal de Contas do Estado (TCE) emitiu parecer favorável às contas, por unanimidade.

Até o momento não há registro de governadores que tiveram as contas reprovadas em Mato Grosso.

No TCE

As contas entraram para votação no dia 6 de agosto, em uma sessão que durou pouco mais de cinco horas. Advogado, Taques fez sustentação oral no julgamento, tendo sido a primeira vez que um ex-governador foi, pessoalmente, se defender.

Das irregularidades encontradas, o conselheiro relator, Isaías Lopes, afastou nove. De outras, diminuiu a gravidade (de gravíssimas para grave).

Ao final, ficaram 17 falhas. Mais de 40 recomendações foram feitas pelo TCE, no intuito de que as irregularidades sejam sanadas.

Como você se sentiu com este conteúdo?

loading spinner

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.