Águas Cuiabá fortalece sistema de abastecimento no 1º de Março

Bairro ganhará novas estruturas que reduzirão perda de água tratada

A ampliação do sistema de abastecimento da cidade tem modificado o cenário do saneamento da capital cuiabana. Localizadas no Norte da cidade, as redes de abastecimento do bairro 1º de Março ganham novas estruturas nesta quarta-feira (09). A concessionária Águas Cuiabá, empresa do Grupo Iguá, fará a instalação de equipamentos cujo objetivo é aumentar a eficiência do abastecimento, o que significa mais disponibilidade de água e com mais pressão nas redes, proporcionando mais qualidade de vida a aproximadamente 6 mil pessoas da região.

Os trabalhos desenvolvidos por nove equipes técnicas da concessionária, em um pacote de serviços que serão realizados para garantir melhorias nas condições de abastecimento, também fazem parte do Programa Permanente de Combate a Perdas. As ações do programa, onde as tubulações e estruturas antigas têm sido substituídas ou reparadas, combate a ocorrência de vazamentos tanto aparentes quanto não visíveis.

O diretor operacional da Águas Cuiabá, André Silva, destaca que após uma série de ações realizadas durante o ano, o serviço ofertado à população já apresentou melhorias significativas. “Temos trabalhado constantemente em obras pela cidade para garantir a eficiência dos sistemas operacionais da companhia. Reduzir o índice de perdas, um indicador de saneamento relevante, significa modernização nas redes de abastecimento e, consequentemente, mais água na torneira nas residências das famílias cuiabanas”.

Serviço – Para executar os serviços, temporariamente, será necessário suspender o fornecimento de água das 12h de quarta-feira (09) à meia-noite de quinta-feira (10) nas localidades (lista abaixo) abastecidas pela rede Altos da Serra.

Confira os bairros abastecidos pela rede Altos da Serra:

ALTOS DA GLORIA, CONDOMÍNIO RESIDENCIAL MORADA DA SERRA, CONDOMÍNIO RESIDENCIAL SERRA AZUL, CONDOMÍNIO RESIDENCIAL SOLAR DA CHAPADA, CONDOMÍNIO RESIDENCIAL VILA DA SERRA I, JARDIM 1º DE MARCO, JARIDM DAS AROEIRAS, JOAO B. PINHEIRO, JOAO B. PINHEIRO II, LOTEAMENTO SÃO TOMÉ, NOVA CONQUISTA, RESIDENCIAL ANA MARIA, RESIDENCIAL BURITIS.

Sobre a Águas Cuiabá – Por meio de concessão plena com validade de 30 anos, a Águas Cuiabá assumiu os serviços de abastecimento de água e esgotamento sanitário na capital matogrossense em 2012. A empresa atende a 613 mil pessoas e tem como objetivo universalizar o acesso da população à água de qualidade e à coleta e tratamento de esgoto. Desde 2017, faz parte da Iguá Saneamento, companhia que está presente em 37 municípios brasileiros e que alcança 6 milhões de pessoas com o compromisso de ser a melhor empresa de saneamento para o Brasil.

Sobre a Iguá Saneamento – A Iguá é uma companhia de saneamento, controlada pela IG4 Capital, que atua no gerenciamento e na operação de sistemas de abastecimento de água e esgotamento sanitário por intermédio de concessões e de parcerias público-privadas. Atualmente, está presente em 37 municípios de cinco estados brasileiros – Alagoas, Mato Grosso, Santa Catarina, São Paulo e Paraná – por meio de 18 operações que, somadas, beneficiam cerca de 6 milhões de pessoas. O alcance dos serviços prestados pela companhia a coloca entre os principais operadores privados do setor de saneamento do país. Em 2020, a Iguá aderiu à Rede Brasil do Pacto Global, iniciativa da Nações Unidas (ONU) para mobilizar a comunidade empresarial na adoção e promoção, em suas práticas de negócios, de Dez Princípios universalmente aceitos nas áreas de direitos humanos, trabalho, meio ambiente e combate à corrupção. A companhia foi eleita, em 2019, pelo terceiro ano consecutivo, uma ótima empresa para se trabalhar pela consultoria Great Place to Work (GPTW). Atualmente, emprega cerca de 1,5 mil pessoas. O nome Iguá é uma referência direta ao universo em que atua: em tupi-guarani, “ig” quer dizer água. www.iguasa.com.br.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorApós briga em grupo de WhatsApp, Bolsonaro demite ministro do Turismo
Próximo artigoMPF chegou a pedir as prisões de deputado e irmão prefeito em MT