Agredido e esfaqueado, segurança se finge de morto para sobreviver

Ele pensou rápido e conseguiu fazer com que os ladrões fugissem por acreditar que ele havia morrido

(Foto: Ednilson Aguiar/ O Livre)

Um homem de 57 anos, segurança da construção de um residencial ao lado do Bairro Menino Jesus, em Sinop (500 km de Cuiabá), sobreviveu a uma tentativa de assassinato na madrugada desta terça-feira (3) após conseguir pensar rápido, mesmo em risco, e resolver fingir-se de morto.

Eram por volta das 2h45 quando três homens entraram no local de trabalho do segurança e o renderam. Eles disseram que queriam a arma, que acreditavam que ele portava, e fios de cobre.

A vítima, no entanto, não estava armada e na construção não tinha cobre.

Com isso, os suspeitos passaram a agredir o segurança com socos e pedaços de madeira. Um deles estava com uma faca e deu dois golpes nas costas da vítima.

Temendo perder a vida, o segurança escolheu fazer algo para que os ladrões cessassem as agressões. Ele ficou paralisado e fingiu-se de morto.

A ideia deu certo, os ladrões pararam de agredi-lo ao achar que ele estava sem vida e fugiram.

Ele foi até uma Unidade de Pronto-Atendimento (UPA), onde foi socorrido e a equipe do hospital chamou a polícia.

Os policiais fizeram rondas pela região em busca de suspeitos, mas não encontraram ninguém e o segurança não conseguiu vê-los para descrevê-los.

O caso foi registrado como tentativa de homicídio doloso.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorMP acusa vereadores de receberem propina para autorizar farmácias a funcionar 24 horas
Próximo artigoQuer contribuir com projetos sociais para crianças? Você pode usar a declaração do IR

O LIVRE ADS