Agredida e arrastada pelos cabelos, jovem diz à polícia que se jogou ao chão

O caso aconteceu no Bairro Cristo Rei, em Várzea Grande (região metropolitana de Cuiabá)

Foto: Reprodução

Uma jovem de 20 anos foi agredida pelo companheiro, de 38 anos, e arrastada pelos cabelos no meio da rua na noite desse domingo (8). Vizinhos acionaram a polícia, mas quando os militares chegaram ao local, a mulher disse não querer registrar denúncia e chegou a dizer que ela própria havia se jogado ao chão.

O caso aconteceu no Bairro Cristo Rei, em Várzea Grande (região metropolitana de Cuiabá), por volta das 18h20.

Vizinhos e um casal que passava pela rua acionaram a polícia ao verem o homem agredindo a mulher, deixando a todos indignados e constrangidos.

Uma equipe foi até o local e encontrou o casal e familiares dos dois. Ao verem que a mulher estava lesionada, questionaram se ela queria denunciar o suspeito, mas, conforme o boletim de ocorrência, ela disse que não e que ela é quem havia se jogado, causando a situação que as pessoas viram.

Como todos estavam exaltados, a mulher estava com lesões visíveis e também temendo que algo pior acontecesse, os policiais detiveram o suspeito, o algemaram e encaminharam para a delegacia.

Consta no boletim de ocorrência que a vítima estava com leve vermelhidão no antebraço esquerdo, corte na parte posterior da cabeça, escoriação na testa e camisa suja de sangue. O casal que testemunhou as agressões disse que, quando chamou a polícia, a mulher estava com forte sangramento na cabeça.

O caso foi registrado como lesão corporal, resistência e ocorrência de natureza diversa.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorNovo estudo mostra que erradicação da malária será possível até 2050
Próximo artigoOperação Coverage: tenente-coronel Marcos Paccola é preso em Cuiabá

O LIVRE ADS