Agora é lei! Em MT, é obrigatório incluir nome do corretor de imóveis nas escrituras

A lei nº 11.618, de autoria do presidente da AL/MT, Deputado Max Russi (PSB), que obriga a inclusão do nome do corretor de imóveis  e o número do registro profissional nas escrituras públicas, passa a valer 90 dias, após a data de sua publicação, em 13/12, no Estado de Mato Grosso.

A lei atende pedido do Conselho Regional de Corretores de Imóveis (CRECI), feito desde o ano de 2021.

Segundo o deputado, a lei visa a segurança dos negócios jurídicos, com a identificação não só das partes envolvidas, mas também do seu intermediador, dando transparência ao mercado imobiliário, e garantindo ao corretor proteção especial, no que tange ao direito à percepção de seus honorários.

“Caso não tenha havido intermediação de pessoa física ou jurídica na negociação imobiliária, este fato também deverá constar na escritura pública”, explicou Russi.

Presidente do CRECI/MT, Benedito Odário, comemora a promulgação da lei. ” É uma conquista muito grande para a classe,  finalmente com o apoio do deputado conseguimos esse feito. A medida além de gerar impostos vai trazer segurança e valorização do profissional que trabalhou para o negócio ser efetivado”, destacou o presidente do CRECI.

Conforme o art 2⁰ da lei, o não cumprimento do disposto nesta Lei implica em multa no montante de até 100 (cem) Unidades Padrão Fiscal do Estado de Mato Grosso – UPF/MT, a ser aplicada aos infratores pela autoridade administrativa no âmbito de sua atribuição.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorA nova norma regulamentadora n.º 1 e o meio ambiente de trabalho sadio
Próximo artigoGoverno de Mato Grosso diz não ter mais dívida do VLT