Agente penitenciário se sente perseguido e atira no Centro de Sinop

Um homem que viu a cena deu um “mata leão” no agente, que conseguiu se desvencilhar e fez um disparo

(Foto: Reprodução)

Com a onda de atentados contra agentes penitenciários em Mato Grosso, um servidor tomou uma medida drástica na madrugada desta sexta-feira, 13. Ao ser perseguido por um veículo no Centro de Sinop (480 km de Cuiabá), ele desceu de sua motocicleta e apontou uma arma para o motorista. Uma pessoa que viu a cena deu um “mata leão” no agente, que se desvencilhou e deu um tiro no chão.

A Polícia Militar foi acionada via 190 com a denúncia de um homem armado teria “abordado” um veículo. Chegando no local, eles encontraram o agente penitenciário que se apresentou e mostrou sua carteira funcional.

Conforme o boletim de ocorrência, ele disse aos policiais que estava sendo perseguido pelo veículo, um Civic de cor prata, e que em determinado momento o carro passou à sua frente e fechou a rua.

O agente então parou a alguns metros do carro, desceu de sua motocicleta e, temendo algum ataque, pegou sua arma. O motorista do Civic imediatamente levantou as mãos, mas sem sair do carro.

Nesse momento um homem que estava em uma lanchonete próxima à ação deu a volta por trás do agente penitenciário e aplicou um “mata leão”.

O agente conseguiu se desvencilhar, apontou a arma para o chão e efetuou um disparo. A arma do agente tinha registro, porém, estava vencido desde 10 de outubro de 2016.

No Civic foram encontradas duas garrafas de bebidas alcoólicas. Os dois se recusarem a fazer o teste do bafômetro. Tanto o Civic, quanto a motocicleta do agente, foram apreendidos.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anterior1O sugestões de looks para curtir o Festival Braseiro
Próximo artigo“Cola Aqui” reúne colecionadores de figurinhas da Copa