Agente penitenciário é preso passando celulares para os reeducandos

Com ele foram encontrados pendrives, munições de calibre 22, dois maços de mil reais e um novo pacote contendo um celular, um carregador e um fone de ouvido

Um agente penitenciário de 41 anos foi detido em atitude suspeita durante a destranca das celas, no presídio Osvaldo Florentino Leite (Ferrugem), na manhã desta segunda-feira (25), em Sinop (500 km de Cuiabá).  O agente teria sido flagrado passando um pacote feito com meia e saco plástico com dois celulares, dois carregadores e dois fones de ouvido pela janela da cela cinco, do raio laranja.

Conforme informações do Boletim de Ocorrência (B.O), o suspeito vinha sendo investigado há meses, pois já havia cometido esse tipo de crime nas cadeias de Peixoto de Azevedo (492 km de Cuiabá) e de Colíder (632 km de Cuiabá). Recentemente, o servidor também teria sido denunciado por preso. O reeducando alegou ter visto o agente repassando uma sacola com diversos celulares, fato que foi confirmado depois de revista realizada na cela 4, do raio amarelo.

Após o desvio de conduta, o servidor foi encaminhado para a Delegacia do município. Durante a confecção da ocorrência policial, o agente passou por uma revista pessoal, e com ele foram encontrados pendrives, munições de calibre 22, dois maços de mil reais e um novo pacote contendo um celular, um carregador e um fone de ouvido.

O agente teve a prisão decretada e deve ser encaminhado nesta terça-feira (26) para o presídio de Santo Antônio do Leverger (34 km de Cuiabá).

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorNovo Fundo Estadual de Saúde devolve à SES autonomia administrativa e financeira
Próximo artigoHomem é visto trocando máquina de lavar roupas por drogas em borracharia 24 horas