Adolescentes são embebedadas e abusadas sexualmente em Cuiabá

Meninas foram encontradas caídas na rua totalmente fora de si

Imagem ilustrativa

Duas adolescentes de 12 e 13 anos foram vítimas de abuso sexual após serem embebedas nesse domingo (20) em uma casa no Bairro Residencial Belita Costa Marques, em Cuiabá.

Tudo começou com a menina de 12 anos pedindo para passar o final de semana na casa da de 13 anos. A mãe autorizou e ela foi com um motorista de aplicativo para a casa da amiga.

Ainda no sábado a adolescente ligou para a mãe dizendo que estava tudo bem. Na manhã do domingo, ela falou novamente com a mãe, disse que estava tudo bem e que iria jantar na amiga.

No período da tarde ela mandou uma mensagem à mãe dizendo que iria desligar o celular para carregar.

Às 17h40 a mãe mandou mensagem para a mãe da amiga da filha pedindo para levar a adolescente, pois queria levar a menina para a igreja. Porém, as duas adolescentes haviam ido a uma pracinha perto da casa.

Às 18h28 a mãe da amiga mandou uma mensagem dizendo que a menina de 12 anos só iria comer e iria ser levada para casa. A mãe, então, comunicou a outra que iria para a igreja e retornaria às 21 horas, mas deixaria a chave para a filha entrar em casa.

Às 18h40, porém, a mãe da menina de 13 anos recebeu uma ligação informando que as duas adolescentes estavam caídas no meio de uma avenida próxima à entrada do Bairro Pascoal Ramos, em Cuiabá.

A mãe correu para o local e socorreu as adolescentes, levando-as para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Bairro Pascoal Ramos. As meninas chegaram ao hospital totalmente descontroladas, com falas desconexas, agressivas e dizendo terem ingerido uma bebida chamada “cavalo branco”.

A menina de 13 anos precisou ser medicada com 7,5mg de Diazepan. Depois, ela conseguiu contar que estavam na casa de um jovem de 19 anos, também acompanhadas de um adolescente de 16 anos.

No local, todos haviam feito uso de bebida alcoólica e ela não se lembrava de mais nada.

Já a menina de 12 anos estava mais agitada e com falas desconexas. Ela precisou ser medicada com 10mg de Diazepan. Ela estava com escoriações no corpo, corte superficial no supercílio esquerdo, corte no lábio superior, short do lado avesso, calcinha para o lado, sutiã levantado e diversos carrapichos em toda a roupa e cabelo.

Como as duas são menores, o Conselho Tutelar foi acionado e compareceu à delegacia. O caso foi registrado como corrupção de menores e estupro de vulnerável.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorDória diz que não disputará reeleição em São Paulo para concorrer à Presidência
Próximo artigoGovernador faz mistério e diz não ser sequer pré-candidato em MT