Adolescentes são detidas em ônibus com drogas que iriam para Marcelândia

Segundo denúncias, elas estão acostumadas a carregar as drogas ex encontram facilidade pela exigência de policiais femininas para a abordagem

(Foto: 5ªCia PM Marcelândia/MT)

Duas menores de 16 anos foram detidas em um ônibus que ia para a cidade de Marcelândia (641 km de Cuiabá) com grandes porções de cocaína. Policiais da 5ª Companhia de Policia Militar chegaram até elas após uma denúncia anônima. Elas estavam em um ônibus que partia de Sinop com a droga, que foi encontrada após a montagem de uma barreira MT-120 na noite desta sexta-feira (08).

Segundo as informações que chegaram à Polícia, as adolescentes L.L.S. e V.P.L.S., estão acostumadas a fazer esse trabalho. Elas recebem ordens de facções criminosas para cuidar a movimentação da polícia, uma vez que um grupo de jovens estariam se organizando para agir na região. Por várias vezes os policiais já tentaram abordar as suspeitas, porém encontram dificuldades pela exigência de elas serem abordadas por policiais femininas, que não estavam presentes em outros momentos.

Elas estavam com duas mochilas, uma preta e outra colorida. Durante a revista nas bolsas, L.L.S. tentou dificultar o trabalho policial, segundo informa a assessoria de imprensa da polícia. Dentro de sua bolsa havia um pote vermelho com duas porções grandes de pasta base de cocaína. Na bolsa preta que estava com a sua parceira, em uma sacola verde, foram localizadas duas barras grandes de pasta base de cocaína. Além disso foram apreendidos celulares e R$ 120,75 em dinheiro, sendo R$ 1,75 em moedas.

O Conselho Tutelar foi acionado e as respectivas mães informadas para acompanhar a elaboração do boletim de ocorrência. Elas foram entregues as autoridades competentes, na Delegacia de Polícia. A Polícia Civil investigará o caso para identificar os traficantes que estariam usando as menores para realizar o comércio de drogas. (Com assessoria)

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anterior“Não queremos olhar na TV e só ver escândalo”, diz pré-candidato do PSC
Próximo artigoFacebook veiculará programas jornalísticos em serviço de vídeo