Adolescente sofre tentativa de assassinato e se finge de morto para sobreviver

Mesmo espancado e esfaqueado, ele andou sozinho até em casa para ser socorrido e levado a hospital

(Ilustração/Pixabay)

Um adolescente de 15 anos sofreu uma tentativa de assassinato na noite dessa quinta-feira (10), no Bairro Cidade Verde, em Comodoro (645 km de Cuiabá), e se fingiu de morto para conseguir sobreviver.

Segundo relato do adolescente, ele foi chamado por um jovem de 18 anos para usar drogas. Quando chegou ao local combinado, havia mais dois adolescentes no local, um de 15 e um de 17 anos.

Ao chegar, a vítima foi segurada pelos três suspeitos, que pertencem à facção Comando Vermelho, e eles disseram que estavam ali para cumprir um decreto da facção, que exigia a morte do adolescente.

O motivo, segundo os suspeitos, era que a vítima teria vendido drogas e não repassado o dinheiro à facção, além de supostamente ter delatado alguns vendedores de drogas à polícia.

Ele foi espancado pelos três rapazes e, depois, atingido por três golpes de faca, dois no pescoço e um no braço esquerdo.

O adolescente, então, resolveu se fingir de morto para os suspeitos irem embora e o plano funcionou. Os suspeitos acharam que ele estava morto e fugiram.

A vítima, então, foi andando da mata até sua casa e pediu ajuda à família, que o levou ao Hospital das Clínicas, onde recebeu atendimento médico e a Polícia Militar foi acionada.

Os policiais receberam informações de onde os suspeitos poderiam estar e onde o crime havia acontecido e saíram em busca dos acusados.

O adolescente de 17 anos e o jovem de 18 foram os primeiros encontrados. Os dois foram levados para a 2ª Companhia da Polícia Militar de Comodoro e depois encaminhados para a Polícia Civil.

O terceiro suspeito, de 15 anos, fugiu quando os policiais se aproximaram da casa em que ele estava. O dono da casa, de 18 anos, também fugiu.

O caso foi registrado como tentativa de homicídio doloso e a vítima ficou internada sob atendimento médico.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorCuiabá não terá normas mais restritivas para jogos da Copa América
Próximo artigoRenda 10% menor