Adolescente salva cinco irmãos de incêndio em casa, mas bebê de nove dias morre carbonizada

Ela conseguiu retirar cinco dos seis irmãos da casa, mas não houve tempo para salvar a última

Fonte: Redes sociais

Uma adolescente de apenas 13 anos foi uma heroína para sua família nessa segunda-feira (3). Sua casa, no Distrito de Simione, na zona rural de Itanhangá (490 km de Cuiabá), pegou fogo enquanto ela cuidava de seus seis irmãos menores e ela conseguiu salvar cinco, mas a menor, de apenas nove dias de vida, ficou.

A Polícia Militar foi acionada e, quando chegou ao local, encontrou a casa totalmente destruída, restando apenas os destroços.

O pai e a mãe das crianças já estavam no local e vizinhos contaram ter presenciado a casa sendo consumida pelo fogo.

As chamas tiveram início no forro da casa e um carregador de celular, que estava ligado na tomada, acabou explodindo durante o incêndio, o que aumentou as chamas.

A adolescente conseguiu tirar cinco irmãos de dentro da casa enquanto as chamas aumentavam, mas a recém-nascida, de apenas nove dias de vida, estava no quarto dos pais, onde a fumaça já havia tomado conta, e ela não conseguiu pegá-la.

Ela pediu ajuda aos vizinhos, que ajudaram a apagar o fogo e, juntos, tentaram retirar a pequena bebê da casa, mas ninguém conseguiu.

A adolescente disse à polícia que seus pais haviam saído no momento do acidente e a deixado cuidando dos irmãos, o que foi confirmado pelos pais.

O local foi isolado e a Polícia Judiciária Civil de Tapurah (430 km de Cuiabá) foi acionada para dar início às investigações do caso.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorSem trilhos, com árvores
Próximo artigoPF deflagra operação contra o tráfico internacional de drogas e lavagem de dinheiro