Adolescente passa a ser perseguida após o irmão vendê-la por R$ 1

Suspeito havia "comprado" a adolescente e, desde então, a vinha perseguindo

(Foto: Reprodução)

Um homem de 45 anos foi detido nessa quarta-feira (8) por perseguir uma adolescente de 15 anos no centro da cidade de Nova Guarita (675 km de Cuiabá).

Ao tentar entender o que estava acontecendo, no entanto, a polícia descobriu que tudo havia começado com o irmão da menina, que a vendeu ao suspeito por R$ 1.

Conforme o boletim de ocorrência, o suspeito ficou cerca de um mês seguindo a adolescente em todas as quartas-feiras, quando ela ia até a Escola 13 de Maio buscar as tarefas dos irmãos.

Segundo a menina, o homem marcava o dia em que ela ia à escola e passava perto da casa dele, para persegui-la. Pelo menos por duas vezes ele falou com a adolescente e em uma delas chegou a dizer o nome da menina.

Denúncia

Preocupada, a mãe da adolescente resolveu acionar a polícia, contou o que vinha acontecendo e deu o endereço do suspeito.

Uma equipe da PM foi até a casa do suspeito, que foi reconhecido pela menina, ficou alterado ao ver os policiais e precisou ser contido e algemado.

Ele foi encaminhado para o Núcleo da Polícia Militar, onde prestou esclarecimentos e, depois, foi liberado, visto que o caso já estava sendo acompanhado pelo Conselho Tutelar.

Três conselheiras, então, foram até a base da PM e conversaram com os policiais que atenderam a ocorrência. Elas contaram que todo o problema começou com uma confusão causada pelo irmão da adolescente, um menino de 13 anos.

Ele havia conversado com o suspeito e vendida a irmã por R$ 1. Era por isso que o acusado sabia o nome da vítima mesmo sem nunca ter conversado com ela.

O caso foi registrado como corrupção de menores e seguirá sendo acompanhado pelo Conselho Tutelar de Nova Guarita.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorBanco da Amazônia completa 78 anos de existência fomentando o desenvolvimento regional
Próximo artigoMãe e filho se reencontram após 22 anos separados

O LIVRE ADS