Adolescente esgana a filha de um ano e avó chama a polícia

O Conselho Tutelar está ciente dos maus-tratos sofridos pela bebê, mas isso não foi suficiente para impedir a mãe

A mãe de uma adolescente de 17 anos acionou a Polícia Militar nessa sexta-feira (3) alegando não saber mais o que fazer para proteger a neta, de apenas um ano.

Segundo a avó, a bebê havia sido esganada pela mãe.

O caso aconteceu na casa da família, no Bairro Mapim, em Várzea Grande (região metropolitana de Cuiabá), por volta das 18h30.

Segundo a avó da bebê, a filha dela, mãe da vítima, enforcou, asfixiou e chacoalhou a menina.

Questionada, a própria adolescente confessou ter esganado a filha.

A avó afirmou que o Conselho Tutelar de Várzea Grande está ciente dos maus-tratos da adolescente com a filha, mas, apesar de já terem sido tomadas medidas preliminares, não tiveram efeito, visto que a adolescente segue tendo acesso à bebê.

Ela disse à polícia, ainda, que a filha ultimamente tem comportamentos imprevisíveis, chegando até mesmo a ter ações suicidas.

Nessa sexta-feira, a adolescente estava com marcas pelo corpo causadas por ela mesma.

Como confessou ter esganado a filha, a adolescente foi apreendida e encaminhada para a Central de Flagrantes de Várzea Grande, onde o caso foi registrado como “ocorrências atípicas”.

O Conselho Tutelar foi informado sobre a detenção.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorRoteirista responde se cena final de A Ascensão Skywalker altera continuidade de Star Wars
Próximo artigoSUS vai atender pacientes com dificuldade de locomoção em casa