Adolescente é deixada em igreja, foge para motel e mãe denuncia acompanhante

Os pais resolveram ir além de apenas proibir o relacionamento

Imagem ilustrativa

A mãe de uma adolescente de 15 anos registrou um boletim de ocorrência na madrugada desta sexta-feira (21) denunciando um jovem de 27 anos por explorar sexualmente sua filha menor de idade.

Segundo a mãe, por volta das 20 horas dessa quinta-feira (21), o marido dela deixou a adolescente em uma Igreja Batista Nacional de Várzea Grande (região metropolitana de Cuiabá).

Na igreja, porém, a menina pegou emprestado o celular de um conhecido, ligou para um jovem, com quem ela supostamente tem um envolvimento amoroso proibido pelos pais, e pediu para ele ir buscá-la.

O jovem pegou a menina na igreja, a levou para um motel e os dois mantiveram relação sexual. Ao descobrir, no entanto, a mãe resolveu procurar a polícia e denunciar o rapaz.

“Confisco” de celular

A mãe afirmou que em janeiro chegou a confiscar o celular da filha para que ela não tivesse mais contato com o rapaz, mas nessa quinta-feira (21) a menina encontrou outra forma de contato e a mãe resolveu pedir ajuda da polícia.

Agora, o rapaz poderá responder por “favorecimento da prostituição ou outra forma de exploração sexual de menor de 18 e maior de 14 anos”, como o boletim foi registrado.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorAções (quase) transparentes
Próximo artigoDuas mortes pela covid-19

O LIVRE ADS