Adolescente atropela menino de seis anos e o deixa em estado grave

A suspeita já seria conhecida pelos moradores por fazer manobras com uma motocicleta nas ruas do bairro

Foto: Assessoria

Uma adolescente de 16 anos, pilotando uma motocicleta, atropelou um menino de seis anos nessa quarta-feira (6) na Rua 4, do Bairro 7 de Maio, em Várzea Grande (região metropolitana de Cuiabá).

O acidente aconteceu por volta das 17h30 horas. Segundo o pai da criança, o eletricista Deomar da Gama Gomes, 28 anos, a criança, Hyan Patrik, tentou atravessar a rua para encontrar a mãe, que estava do outro lado.

Nesse momento, porém, a adolescente teria aparecido na rua em alta velocidade e atropelado o menino.

“Minha esposa tentou pegar pra puxar, mas não alcançou ele”, disse o pai.

Quando a Guarda Municipal chegou ao local, encontrou os moradores alterados, querendo linchar a adolescente e o pai dela.

A suspeita já seria conhecida pelos moradores por fazer manobras com uma motocicleta nas ruas do bairro. Ela costumaria publicar vídeos com as manobras em seu perfil da rede social Instagram, onde possui mais de 14 mil seguidores.

Moradores relataram à Guarda Municipal que, após o atropelamento, o pai da adolescente chegou dizendo que ligaria para conhecidos importantes dentro da polícia.

A Guarda Municipal fez a segurança da vítima e o controle do trânsito até a chegada da Delegacia Especializada de Delitos de Trânsito (Deletran), que irá investigar o caso.

A criança foi encaminhada pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) para o Pronto-Socorro de Várzea Grande, mas, como no local não há Unidade de Terapia Intensiva (UTI) infantil, ela foi transferida às 22h30 para o Pronto-Socorro de Cuiabá. A vítima está em estado grave e foi entubada ainda no primeiro hospital.

O pai do menino, Deomar, disse que há pouco, nesta quinta-feira (7), o garoto sentou na maca e depois deitou de novo. Segundo ele, a família está em choque com o ocorrido e torce pela melhora de Hyan Patrik.

“Até agora ninguém da família da adolescente apareceu aqui, ninguém nem procurou saber como ele está”, lamentou o pai.

Segundo a Polícia Civil, ninguém foi detido. A adolescente que pilotava a motocicleta foi encaminhada apenas para o Hospital Ortopédico de Cuiabá.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorLei de Improbidade: deputados de MT aprovam mudanças que dificultam punição de gestores
Próximo artigoNúmero de empresas que pedem falência cresce 5,6% em um mês