Acusado diz que drogas o motivaram a estuprar jovem na saída da igreja

Ela saiu do culto para atender o celular e foi atacada pelo suspeito

(Foto:Ednilson Aguiar/ O Livre)

Preso em Campo Verde, enquanto tentava fugir para Campo Grande (MS), o homem acusado de estuprar uma jovem em Várzea Grande alegou que cometeu o crime porque estava transtornado pelo uso excessivo de drogas.

O crime aconteceu na quinta-feira (15) no bairro 24 de Dezembro. Na ocasião, a vítima, de 22 anos, estava na igreja e saiu do culto para atender o celular rapidamente. Neste instante, foi atacada pelo suspeito que a estuprou.

A jovem conseguiu se salvar porque gritou por socorro durante o ataque e o estuprador fugiu correndo, pelado, deixando as roupas e os pertences pessoais no local.

Desde então, a polícia faz buscas na tentativa de localizá-lo.

Conforme informações da Delegacia Especializada de Defesa da Mulher, Criança e Idoso de Várzea Grande, os investigadores descobriram que o suspeito tinha comprado uma passagem e embarcado no terminal rodoviário de Cuiabá.

A viagem foi acompanhada e em Campo Verde, a prisão foi concluída. Ele foi autuado nesta sexta-feira (16) em flagrante pelo crime de estupro e aguarda audiência de custódia.

Leia mais:

(Com Assessoria)

 

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorEscassez de soro antiofídico faz pacientes picados contarem com a sorte
Próximo artigoSaindo da inadimplência

O LIVRE ADS