Acusado de sequestrar o próprio filho, pai conta episódio chocante de racismo em restaurante nos EUA

Uma história bastante traumática

Reprodução

Infelizmente, o racismo é um obstáculo social que ainda não foi superado em inúmeras partes do mundo. Para o pai de família, Peter Mutabazi, não foi diferente. Em um relato à BBC, compartilhou um episódio chocante que viveu com Johnny, seu filho adotivo, que contava apenas com sete anos na época.

A história começa com a origem de Peter que nasceu em Uganda morando na rua por dois anos. Ele acabou adotado e tirado das ruas tendo a oportunidade de estudar nos Estados Unidos podendo se estabelecer no país.

Assim como aconteceu com ele, anos atrás, Peter teve vontade de adotar de crianças que passaram por momentos de dificuldade assim como ele. Cumprindo seu desejo, ele adotou nove crianças de diversas etnias, negras, hispânicas e brancas.

Por conta de ser negro e pai de crianças de outras etnias, os episódios de racismo começaram a surgir, mas o pior aconteceu com Johnny, seu filho adotivo, quando estava em um restaurante. O garoto se desentendeu com outra criança e ele teve que intervir, retirando Johnny do local. E aí a coisa complicou.

Quando estava prestes a ir embora, colocando o garoto no carro, uma mulher se aproximou e indagou onde estava a família da criança, julgando que Peter estava sequestrando o menino. Ele respondeu calmamente que era o pai do menino, mas isso não foi suficiente.

Ela então ligou para a polícia denunciando um sequestro de um garoto branco por um homem negro. Peter não se alterou pelo absurdo da situação porque já estava acostumado com o estranhamento das pessoas. Ele esperou a polícia chegar para que tudo fosse averiguado.

Como esperado, a polícia reconheceu os documentos e atestou normalidade na relação de Peter com Johnny. O homem não prestou queixas contra a mulher que o denunciou.

 

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorMargot Robbie sobre novo Piratas do Caribe sem Johnny Depp: “muito poder feminino”
Próximo artigoMenor casal do mundo comemora 1ª dose da vacina contra Covid-19 em SP; confira