Acusada de machismo, grife volta atrás e desiste de campanha

No texto, declararam que não vão mais utilizar as peças da campanha e ainda, que apagariam todos os posts já feitos

A grife carioca Reserva, acusada por seus seguidores de utilizar conteúdo machista na campanha dedicada ao Dia dos Namorados voltou atrás. “Desculpe-nos pelo indesculpável”, diz post em preto e branco.

No texto, declararam que não vão mais utilizar as peças da campanha e ainda, que apagariam todos os posts já feitos. E foi isso que fizeram.

“Para o dia dos namorados, queríamos falar sobre amor à flor da pele e sexo, mas erramos feio na forma, no tom do lançamento e nas respostas. Se a intenção era boa, pouquíssimo importa. O que importa é que fomos desrespeitosos e ofendemos muita gente. Inclusive muitas pessoas que conosco trabalham. Tínhamos uma campanha programada para os próximos 30 dias que não será mais utilizada e por respeito às pessoas que se ofenderam, também apagaremos todos os posts já feitos. Novamente, de coração, nos desculpem.
Esta campanha precisa e vai morrer aqui”

Alguns seguidores, bastante enfurecidos, defenderam que os consumidores não comprem mais produtos da marca. Outros, comentaram que estavam felizes pelo marketing ter pensado melhor sobre o assunto e voltado atrás.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorPlanejamento divulga boletim sobre emprego e renda em Mato Grosso
Próximo artigoMato Grosso participa da maior feira de observação de aves da América Latina