Ação de despejo

Restaurante prestes a ser inaugurado em Cuiabá deve mais de R$ 100 mil em aluguel e multa contratual

Espaço do antigo Uruguayo Parrilla, fechado em dezembro de 2019 (Foto: Suellen Pessetto)

Os responsáveis pelo restaurante Serafina, que deverá ser inaugurado na próxima semana em Cuiabá, estão devendo mais de R$ 100 mil em aluguel atrasado e multa contratual aos proprietários do imóvel.

O prédio é o mesmo onde funcionou o restaurante Uruguayo Parrilla – que encerrou as atividades em dezembro de 2019.

Uma ação de despejo corre na Justiça contra os atuais locatários, que diz que um acordo teria sido firmado entre as partes, depois que o juiz indeferiu pedido de liminar – uma vez que o contrato possui um avalista, que por sinal é antigo proprietário do Uruguayo Parrilla.

Ao LIVRE, o empresário explicou apenas que assinou o contrato na condição de avalista, mas não especificou as razões pelas quais faz parte do contrato.

Procurada, a assessoria de imprensa do Serafina enviou a seguinte nota ao site:

NOTA

O Restaurante recebe com surpresa a informação noticiada pela mídia de que o proprietário do imóvel ingressou com a demanda judicial, objetivando o despejo, uma vez que as partes por diversas vezes estava em tratativa de negociação amigável, tendo já estabelecido inclusive as condições de pagamento.

Importante destacar que os restaurantes fazem parte de um dos segmentos que mais têm sofrido impactos socioeconômicos e financeiros em decorrência do enfrentamento a pandemia causada pelo novo coronavírus, vindo à ocasião atrasar com o pagamento dos aluguéis, e acertadamente a Excelentíssima Juíza, Ana Paula Carlota da Veiga Carlota Miranda, ciente do cenário atual indeferiu o pedido de tutela de urgência, para que a empresa fosse despejada.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorManifesto da Vigarice
Próximo artigoCuiabanos formam fila para entrar em shoppings no 1º dia de reabertura

O LIVRE ADS