Academia Forz aposta em desafio e incrementa treinos e plano nutricional para clientes foliões

O carnaval está em contagem regressiva e ai entra em cena o desejo de se livrar de vez dos quilos extras ganhos nas festas de final de ano, para queimar de vez as gordurinhas e quilos indesejados algumas  academias em Cuiabá iniciam maratonas para que os foliões e foliãs cheguem a festa do Rei Momo com tudo em cima. Afinal de contas sambar e  ao mesmo tempo mostrar pernas saradas e aquela barriguinha sequinha é sonho da maioria.

A academia Forz, que dá o que falar em Cuiabá, quando o assunto é resultado de treinos, já lançou o desafio Forz Carnaval “Desafie a si mesmo”. O programa começa dia 22 de janeiro e finaliza em 18 de fevereiro, serão 28 dias de treinos físicos mais exigentes, elaborado pela equipe multidisciplinar da academia visa à possibilidade de alcançar um resultado excepcional, porem priorizando a saúde. Um dos diferenciais é a orientação individual no quesito nutrição, de acordo a com a nutricionista Danielle de Carvalho Prudencio, o plano vai impressionar em resultados e no conteúdo dele.

“Arquitetamos um plano que ofereça brilhantemente uma rápida resposta metabólica, por isso vamos sair do convencional e suspender neste período o lema que se prega por ai afora, de que o carboidrato é um super vilão da boa forma,  vamos propor neste desafio “comer comida de verdade”, vamos incluir arroz e feijão em uma das principais refeições. O resultado que se espera não será abalado. Nossa orientação segue padrões técnicos e rígidos”, explica a nutricionista.

Ainda na parte nutricional a missão é  melhorar a ingestão hídrica, diminuir ingestão de bebida alcoólica, melhorar o trato intestinal com receitas detox e ainda a diminuição do consumo de doces. “Vamos passar receitas fáceis e testadas, praticas e de resultados”, define. A Forz caprichou no programa, e claro, que além do apoio nutricional incrementou também a atividade física, neste campo, quem projetou o desafio é o preparador físico Joellinton Benedito da Silva, conhecido no mundo fitness por “Jow”. Nesta empreitada da boa forma a metodologia escolhida é o  EPOC (Excesso de Consumo de oxigênio Pós-Exercício).

“O EPOC acelera o metabolismo e proporciona a continuação da queima calórica  até 48 horas após as atividades, ou seja  mesmo quando você não está exercitando ativamente o corpo esta consumindo mais energia”, explica.  O treinador ainda defende o EPOC para a liberação de hormônio eliminador de gordura, já que esse tipo de treino aumenta a liberação de hormônios do crescimento, Catecolamina e Epinefrina.

“Estes hormônios aumentam a capacidade do corpo para liberar gorduras armazenadas, tanto intramuscular (dentro do tecido muscular) quanto subcutânea (abaixo da pele na barriga, coxas, quadris, etc.). E as atividades são com tempo controlado. É extremamente eficiente no tempo porque cada treino varia entre 15 a 25 minutos”, esclarece.

Neste projeto, os exercícios, como já mencionado, consistem em uma rotina de alta intensidade (trabalhando no sistema anaeróbio) seguida por uma rotina de baixa intensidade, (trabalhando no sistema aeróbico). Ao condicionar os sistemas anaeróbico e aeróbio, o corpo queima tanto glicose e gordura, resultando em perda de peso mais rápida e tonificação muscular.

AI: Luciana Gaviglia (65) 99253 0622

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorDe 1980 para 2020: cinco profissões que especialistas acreditaram ser “do futuro”
Próximo artigoSopa de morcego pode ter iniciado contaminação por vírus que se propagou pela China

O LIVRE ADS