Abraham Weintraub deixa cargo de ministro da Educação

Anúncio da saída foi feito pelo próprio ministro em vídeo ao lado de Bolsonaro

O ministro da Educação, Abraham Weintraub: ele tem que se defender de calúnias e defender o MEC dos vermelhos (Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)

Abraham Weintraub, o ministro da Educação,  anunciou nesta quinta-feira (18) que deixará o cargo no governo de Jair Bolsonaro. O anúncio foi feito em um vídeo em que Weintraub aparece ao lado do presidente. Com um texto de despedida, ele agradece

O processo de transição já deve ser iniciado. O sucessor de Weintraub ainda deve ser anunciado.

Com a saída, o ministro foi indicado pelo próprio presidente para o Banco Mundial, em Washington. No vídeo, Weintraub confirma a troca.

Os motivos da demissão não foram citados.

“Neste momento, eu não quero discutir os motivos da minha saída, não cabe. O importante é dizer que eu recebi o convite para ser diretor de um banco. Já fui diretor de um banco no passado. Volto ao mesmo cargo, porém no Banco Mundial”, afirma o ministro.

Weintraub ficou 14 meses no cargo e deixa o comando do MEC após crises institucionais.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorAulas virtuais na UFMT
Próximo artigoPrefeituras de MT pedem desabilitação de leitos de UTI para covid

O LIVRE ADS